C. Mourão poderia reter quase R$ 3 milhões do IR

C. Mourão poderia reter quase R$ 3 milhões do IR


                 Recursos são desatinados a entidade não-governamentais

                     que trabalham com crianças, adolescentes e idosos

 

   Foi lançada na manhã desta quarta-feira (31/10), em Campo Mourão, mais uma edição da campanha anual de retenção de parte do Imposto de Renda (2018/2019) devido, com destinação do tributo arrecadado para o Fundo Municipal de Direitos da Criança e do Adolescente e o Fundo Municipal do Idoso. A meta é superar os R$ 296.659,31 arrecadados na campanha passada, mas as projeções realizadas por entidades ligadas a área contábil apontam que – pelo volume de IR pago pelos mourãoenses – pessoas físicas e empresa – a arrecadação da campanha poderia chegar a R$ 2 milhões e 900 mil (praticamente o orçamento do Município para a área da ação social).

   Durante a cerimônia de lançamento, que aconteceu no auditório da Associação Comercial e Industrial (Acicam) foi apresentado o montante arrecadado nas últimas seis edições da campanha que é realizada há cerca de 20 anos em Campo Mourão: 2012/2013 – R$ 312.395,25; 2013/2014 – R$ 360.286,37; 2014/2015 – R$ 367.505,03; 2015/2016 – R$ 380.120,09; 2016/2017 – R$ 326.189,86; 2017/2018 – R$ 296.659,31. No ano passado, das mais de cinco mil declarações de IR apresentadas por pessoas físicas em Campo Mourão com tributo a recolher, apenas 176 destinaram os recursos para a campanha.

Lançamento

   A solenidade de lançamento da campanha foi aberta com uma apresentação da Associação Sou Arte. Em seguida foi composta a mesa principal pelos presidentes Alcir Rodrigues da Silva (da Acicam), Mariza Pante Ferreira (do Sindicato dos Contabilistas – SinConCam) e Edson Battilani (da Câmara Municipal); o prefeito Tauillo Tezelli; o juiz de Direito Edson Jacobuci Rueda e o promotor público Luciano Mateus Rahal. Também participaram os presidentes Pedro Giuliani (do Conselho Municipal do Idoso) e Wellington Souza (do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente), enquanto Ivone Magioni Fiore representou o Fórum das Entidades Socioassistenciais de Campo Mourão.

   A principal novidade da campanha neste ano é a possibilidade da impressão do boleto para destinação dos recursos diretamente no site do Município (www.campomourao.atende.net). Durante a cerimônia os oradores destacaram a importância dos recursos para a manutenção das entidades locais. Também foi ressalta a importância do efetivo engajamentos dos contadores para que a campanha alcance sucesso.

   Os recursos arrecadados na campanha e destinados aos dois fundos municipais serão repassados as seguintes entidades: Casa Lar Infantil Miriã, Centro Educacional Santa Rita (Cedus), Apae, Lar dos Velhinhos Frederico Ozanan, Associação Sou Arte, Comunidade Terapêutica Lar Dom Bosco, Abrigo A Mão Cooperadora, Associação Dojo.Com, Centro Terapêutico Redenção e a Fundação Casa das Fraldas São José.

   Estas são as instituições locais que já manifestaram apoio a campanha: Município de Campo Mourão, Acicam, Lions Clube, Rotary Club Internacional Distrito 4630 e todos os Rotarys locais e a Associação das Senhioras de Rotarianos, Observatório Social, Fiep (Sesi, Senai e Iel), Sindimetal, Sistema Fecomércio Sesc Senac, Sindicato Empresarial do Comércio (Sindicam) e a Câmara da Mulher Empreendedora e Gestora de Negócios (Cmeg).