Sindicam discutiu CCT em assembleia nesta quarta-feira

A negociação da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT 2022-2023) foi o tema central de assembleia geral extraordinária que o Sindicato Empresarial do Comércio de Campo Mourão e Região (Sindicam) realizou na noite desta quarta-feira (6/4). Comerciantes e gestores de empresas do ramo participaram do encontro que aconteceu no auditório da Associação Comercial e Industrial (Acicam).


   A meta é assinar o acordo entre a parte patronal e laboral até o final de maio, quando encerra-se a vigência da CCT 2021-2022, evitando assim transtornos para as empresas, funcionários e os contabilistas. Recentemente, o Sindicato dos Empregados no Comércio (Sindecam) apresentou a pauta de reivindicações da categoria e rodada de negociação está marcada parta o final do mês. Também a Acicam participa das negociações.


   Na assembleia desta quarta-feira, o presidente do Sindicam, Nelson José Bizoto, apresentou aos empresários as principais reivindicações formuladas pelo Sindecam. A ordem do dia da assembleia incluiu ainda a discussão e deliberação sobre: índice de reajuste salarial e reajuste do piso salarial, autorização para negociação e eventual prorrogação da atual Convenção Coletiva de Trabalho, autorização para o presidente do Sindicam tomar as medidas necessárias para solucionar eventual problema com o Sindicato dos Empregados (inclusive podendo ajuizar ação, contestação ação, de natureza coletiva, de acordo com o interesse da classe sindical, além de outros assuntos).


Ordinária


   A assembleia extraordinária foi precedida da realização de assembleia ordinária do Sindicam, que deliberou sobre a prestação de contas dos exercícios de 2020 e 2021 e o planejamento financeiro e orçamentário de 2022, além de outros assuntos de interesse da categoria.


   Filiado a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Paraná (Fecomércio Paraná), o Sindicam tem 24 municípios em sua base territorial: Araruna, Barbosa Ferraz, Boa Esperança, Campina da Lagoa, Campo Mourão, Corumbataí do Sul, Engenheiro Beltrão, Farol, Fênix, Goioerê, Iretama, Janiopolis, Juranda, Luiziana, Mamborê, Mariluz, Moreira Sales, Nova Cantu, Peabiru, Quarto Centenário, Quinta do Sol, Rancho Alegre do Oeste, Roncador e Ubiratã.